Acusado de pirataria e estupro morre em confronto com a polícia no Marajó

Acusado de pirataria e estupro morre em confronto com a polícia no Marajó




A Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social do Pará (Segup) informou que Roniel de Souza Cavalcante, acusado de roubo qualificado, associação criminosa (pirataria) e estupro de uma menor, morreu durante troca de tiros com a polícia na manhã desta quinta-feira (7). O incidente aconteceu durante a ação de cumprimento ao mandado de prisão do suspeito, executada pela Polícia Civil, por meio da Delegacia de Polícia Fluvial- DPFLU/GFLU e Superintendência de Breves.
Por volta das 6h, Roniel foi abordado na residência onde vivia, localizada no rio Tajapuru, zonal rural de Breves. Ao receber voz de prisão, ele tentou fugir e efetuou disparos contra os agentes da segurança, que precisaram reagir à agressão. O acusado foi atingido e morreu no local.

A Segup afirmou ainda que investimentos são feitos permanentemente a fim de combater a criminalidade nos rios que cercam o Pará. No mês de novembro, cinco lanchas foram entregues pelo Grupamento Fluvial para atuação na região do Marajó, para que seja estabelecida uma base fluvial na vila de São Benedito. Com a entrega das embarcações, todos os municípios do Marajó Ocidental passaram a ter viaturas fluviais.

Além do aparato físico, em breve serão ofertados treinamentos aos militares que atuam no policiamento fluvial, visando ações de prevenção e repressão, levando em consideração a peculiaridade da região do Marajó.


Veja as Matérias em Vídeos: Canal Portal Marajó Noticias


Envie informações, denúncias, vídeos e imagens para o Whatsapp do Portal 091992485291Clique Aqui

Postar um comentário

0 Comentários