Hospital do Marajó garante manutenção de certificação



A qualidade da assistência prestada aos usuários do Hospital Regional Público do Marajó (HRPM), em Breves, garantiu a manutenção do certificado de reconhecimento da Organização Nacional de Acreditação (ONA), que concedeu Acreditação Nível 1, conquistada há um ano. Uma nova avaliação atestou o sistema de gestão de qualidade dos serviços de saúde nos critérios de segurança do paciente e estrutura hospitalar, o que enquadra a unidade de saúde entre as certificadas no contexto mundial.

A resolutividade e segurança do paciente oferecidas no HRPM foram aprovadas pela estudante Taisy dos Santos Reis, 23, que há mais de um ano está em atendimento no hospital. Ela sofreu um grave acidente de trânsito que provocou fratura exposta na tíbia distal (tornozelo e pé). A jovem teve que passar por um procedimento de alta complexidade denominado de cirurgia de Ilizarov, realizado em poucos locais no país, devido sua complexidade.

De acordo com o diretor técnico da unidade, Dr. Claudio Martins Oliveira, a primeira cirurgia de emergência na jovem, natural de Portel, foi realizada por ele. “Ainda tentamos reaproximar os ossos, mas estavam muito quebrados. Devemos ressaltar a importância da cirurgia para essa paciente. Foi preciso fazer um alongamento ósseo e, para isso, foi necessário o procedimento Ilizarov. Senão tivesse esse fixador, ela certamente teria que amputar a perna. Mas, felizmente, o resultado geral do procedimento foi um sucesso”, disse.

O médico conduz a equipe que oferece a assistência para Taisy, que agora deve iniciar a fase de reabilitação com fisioterapia disponibilizada no próprio hospital. Hoje, a paciente só tem a agradecer a equipe do regional.

“O acidente que sofri foi muito grave. Quase perdi meu pé. Mas sou muito bem assistida aqui, muito bem auxiliada, todas as dúvidas que eu tive e tenho a equipe sempre informa. Foi imprescindível essa atenção que eles têm comigo, já estou em tratamento há um ano e 6 meses, entre idas e vindas. Estou muito satisfeita com o atendimento, agora vou para fisioterapia”, afirmou Taisy. “Daqui a pouco vou entrar no hospital andando e sem auxílio algum”, completa.

Casos como esse motivam e fortalecem as boas práticas da gestão do HRPM. Por isso, a diretora executiva, Rejane Xavier Soares Gomes, comemora a manutenção da certificação ONA do Regional do Marajó, recebida há um ano e mantida nos quesitos de segurança do paciente.

“Esse resultado positivo é fruto do comprometimento de toda equipe do HRPM, a qual parabenizo e agradeço, pela dedicação e apoio. O retorno da visita da ONA e a manutenção comprovam que os nossos usuários marajoaras, atendidos pelo hospital, recebem um serviço seguro e de qualidade, através das boas práticas de gestão e humanização, fortalecendo ainda mais essa relação de confiança e segurança entre nós”, avalia.

A gestora ressalta também a importância do apoio do Governo do Estado do Pará, por meio da Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa), na estrutura e condições de trabalho, além da parceria com o Instituto Nacional de Desenvolvimento Humano e Social (INDSH), responsável por garantir a administração do hospital.

O médico Cláudio Martins ressalta que a manutenção da certificação representa a segurança nos processos assistenciais, o gerenciamento dos riscos, a capacidade técnica e o compromisso do HRPM nos cuidados centrados no paciente.

"O sentimento é de orgulho por cada profissional que, assim como eu, se dedica a esta unidade há tantos anos e sempre em busca da excelência e melhoria contínua para atender cada vez com mais qualidade e eficiência os usuários dessa região marajoara”, concluiu o diretor técnico do hospital.

A unidade de saúde oferece assistência de média e alta complexidade para cerca de 300 mil habitantes dos municípios vinculados ao 8° Centro Regional de Saúde, composto por Breves, Anajás, Bagre, Curralinho, Gurupá, Melgaço e Portel, que aprovam em 97% os serviços prestados pelo hospital.

Mais Informações Visite Nosso Canal: Portal Marajó Notícias 

Postar um comentário

0 Comentários