Em sessão especial da Alepa, deputados ouvem demandas da população de Breves



Ao som do Hino Nacional foi aberta a sessão especial da Assembleia Legislativa do Estado (Alepa), no município de Breves, nesta quinta-feira (8), no primeiro dia do Programa Governo Por Todo o Pará no Arquipélago do Marajó. Em seguida, o público no auditório do Centro de Educação Profissional (Cedep) fez um minuto de silêncio em homenagem ao ex-deputado estadual Haroldo Martins, falecido na última terça-feira (06).


O objetivo da sessão foi ouvir as demandas dos moradores da região. Moradores e autoridades de Breves e municípios próximos ganharam direito à voz. “Peço que olhem para a Defensoria Pública de Breves. A instituição está aqui, mas precisa de ajuda. A situação é precária, a população precisa de assistência jurídica gratuita”, frisou Graziela Capone, defensora pública.
Jefferson Santos, coordenador de um projeto de recuperação de jovens dependentes químicos, pediu mais atenção à saúde. “Nós precisamos de um centro especializado para atendimento aos dependentes químicos. Eu luto aqui por eles, porque já fui um, já morei na rua. Sei que só saímos do mundo das drogas com ajuda. E a população daqui  sem essa ajuda. Por isso, eu peço para os deputados políticas públicas e ações efetivas nesse sentido”, disse Jefferson Santos.

O presidente da Alepa, deputado Daniel Santos, garantiu que o Legislativo vai até a população. “A Assembleia fazia apenas sessões ordinárias, que são as regulares, e agora nós estamos fazendo sessões especiais, para que a população possa falar, sugerir e debater junto com os deputados as políticas públicas e o que é importante para o Estado”, destacou o parlamentar.
Dezoito deputados estaduais participaram da sessão: Dilvana Faro, Vitor Dias, Luth Rebelo, Jaques Neves, Gustavo Sefer, Nilton Neves, Deputado Caveira, Fábio Figueiras, Martinho Carmona, Renilce Nicodemos, Wanderlan Quaresma, Cilene Couto, Dra. Heloísa, Junior Hage, Marinor Brito, Miro Sanova, Thiago Araújo, Daniel Santos e Igor Normando.

História - A deputada federal Elcione Barbalho também participou desse momento, considerado histórico no município. “A população acordou. O político tem que trabalhar. Hoje, a consciência da internet nos trouxe um grande bem. A população acompanha e cobra. O político tem que ir até onde o povo está. Foi lá pedir voto, tem que voltar pelo menos para agradecer. O governador está fazendo o que deve ser feito. Hoje, o partido dele é o Pará”, afirmou a deputada.
Helder Barbalho saiu direto do município de Portel para a sessão especial da Alepa, e ressaltou em seu pronunciamento a importância da parceria entre os três poderes. “A casa do povo, a Assembleia Legislativa, tem por missão repercutir e reverberar, dar voz, aquilo que a população deseja. Além de cobrar, também tem a oportunidade de contribuir com o aperfeiçoamento de leis e projetos que possam construir um ambiente de desenvolvimento para esse Estado. Aqui, quero reforçar o quanto a Assembleia tem sido parceira e importante. Nós acabamos de entregar 500 títulos extrativistas para uma comunidade de Portel. Uma espera de 40 anos. Isso só foi possível por causa da parceria entre o Legislativo e o Executivo”, garantiu o governador.


Veja as Matérias em Vídeos: Canal Portal Marajó Noticias

Postar um comentário

0 Comentários