Hospital Regional do Marajó promove ação de prevenção ao escalpelamento junto aos usuários

Hospital Regional do Marajó promove ação de prevenção ao escalpelamento junto aos usuários




Ao prestar assistência de média e alta complexidade para usuários do Sistema Único de Saúde (SUS) vinculados ao 8º Centro Regional de Saúde (8º CRS) composto pelos municípios de Breves, Anajás, Bagre, Curralinho, Portel, o Hospital Regional Público do Marajó (HRPM), desenvolve ações de educação com a foco à prevenção ao escalpelamento junto aos seus usuários, acompanhantes e colaboradores, cuja maioria usa  a embarcação como principal tipo de transporte para deslocamento de uma localidade a outra.

A ação está vinculada a IV Semana Estadual de Enfrentamento ao Acidente de Motor com Escalpelamento, desenvolvida pela Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa), que tem rebatimento no Marajó e exige mobilização da sociedade em favor da redução desses acidentes.



No HRPM, estão sendo realizadas palestras junto aos usuários nas áreas de atendimentos do hospital, onde agrega usuários, acompanhantes e colaboradores, que além das orientações, recebem folder com informações sobre o tema com o objetivo de alertar sobre a necessidade dos cuidados para evitar o acidente que provoca ferimentos graves e até óbitos.

De acordo com dados da Sespa, nos últimos quatro anos, foram registrados no Pará, 10 casos em 2015, sete em 2016, um em 2017, sete em 2018 e sete em 2019. Os casos deste ano ocorreram com vítimas residentes nos municípios de Breves, Melgaço, Porto de Moz, Santa Izabel e Anajás, todos com intensa movimentação de embarcações.



Há uma lei federal, de nº 11.970, que  regulamenta a instalação de cobertura no volante e no eixo dos motores dos barcos ribeirinhos, buscando reduzir os acidentes com escalpelamentos na Amazônia.
O HPRM possui equipe multiprofissional capacitada para receber vítimas de escalpelamento, de vítimas do 8º CRS, que recebem os primeiros atendimentos para estabilizar o quadro, para posterior transferência  para a Santa Casa, em Belém, que é referência nesses casos.


Veja as Matérias em Vídeos: Canal Portal Marajó Noticias

Postar um comentário

0 Comentários