Terminal Hidroviário vai melhorar acesso ao município de Cachoeira do Arari


Município possui hoje, aproximadamente, 27 mil habitantes, que serão beneficiados pelas melhorias.

O primeiro passo para o processo de reforma e adequação do terminal hidroviário de Cachoeira do Arari, na ilha do Marajó, foi dado nesta quarta-feira (18), após assinatura do termo de cooperação técnica entre a Companhia de Portos e Hidrovias do Pará (CPH) e prefeitura municipal. O documento prevê a elaboração de projeto básico e executivo para futura revitalização do espaço.


"O objetivo desta futura reforma por parte do Governo do Estado é propiciar uma maior integração de Cachoeira do Arari com os outros municípios do Marajó, que também terão terminais reformados em breve. Este terminal também vai facilitar o escoamento da produção local e permitir um maior desenvolvimento da economia na região", destaca Abraão Benassuly, presidente da CPH.

O Prefeito de Cachoeira do Arari Jaime Barbosa (azul), afirma que a futura reforma do espaço vai potencializar o turismo na região e oferecer mais conforto e segurança para os usuários. O município possui hoje uma população de 27 mil habitantes, segundo a administração municipal.
"O terminal é a principal porta de entrada da cidade e, com essa revitalização, vamos poder dar mais conforto e segurança tanto para os moradores quanto para os turistas que visitam nosso município. É uma obra muito aguardada pela população",  observa o prefeito.

O projeto de reforma e adequação do terminal hidroviário de Cachoeira do Arari tem o prazo de 12 meses para ser concluído.

Reformas - Em julho deste ano, durante as ações do Governo Por Todo o Pará, no Marajó, Governo do Estado, CPH e prefeituras municipais assinaram as ordens de serviço para elaboração de projetos de reforma e adequação de 10 terminais hidroviários: Cachoeira do Arari, Santa Cruz do Arari, Chaves, Melgaço, Anajás,  Bagre, Afuá, Soure, Breves e Portel.


O investimento, no valor de R$ 738.615,05, beneficiará os terminais de Breves, Santa Cruz do Arari, Melgaço e Soure. Enquanto que o valor de R$ 482 mil será  destinado aos municípios de Afuá, Anajás, Bagre, Cachoeira do Arari, Chaves e Portel. As prefeituras de Breves, Melgaço e Santa Cruz do Arari já entregaram à CPH os conceitos básicos dos seus projetos.

Vale lembrar que os terminais de Muaná e Ponta de Pedras estão em processo de revisão de projetos. Já o de Curralinho, a obra está em andamento, enquanto que  os terminais de Gurupá e São Sebastião da Boa Vista já foram reformados. O terminal de Salvaterra tem a concessão da empresa Henvil para operar.

Veja as Matérias em Vídeos: Canal Portal Marajó Noticias

Postar um comentário

0 Comentários