Terminal Hidroviário vai melhorar acesso ao município de Cachoeira do Arari

Terminal Hidroviário vai melhorar acesso ao município de Cachoeira do Arari


Município possui hoje, aproximadamente, 27 mil habitantes, que serão beneficiados pelas melhorias.

O primeiro passo para o processo de reforma e adequação do terminal hidroviário de Cachoeira do Arari, na ilha do Marajó, foi dado nesta quarta-feira (18), após assinatura do termo de cooperação técnica entre a Companhia de Portos e Hidrovias do Pará (CPH) e prefeitura municipal. O documento prevê a elaboração de projeto básico e executivo para futura revitalização do espaço.


"O objetivo desta futura reforma por parte do Governo do Estado é propiciar uma maior integração de Cachoeira do Arari com os outros municípios do Marajó, que também terão terminais reformados em breve. Este terminal também vai facilitar o escoamento da produção local e permitir um maior desenvolvimento da economia na região", destaca Abraão Benassuly, presidente da CPH.

O Prefeito de Cachoeira do Arari Jaime Barbosa (azul), afirma que a futura reforma do espaço vai potencializar o turismo na região e oferecer mais conforto e segurança para os usuários. O município possui hoje uma população de 27 mil habitantes, segundo a administração municipal.
"O terminal é a principal porta de entrada da cidade e, com essa revitalização, vamos poder dar mais conforto e segurança tanto para os moradores quanto para os turistas que visitam nosso município. É uma obra muito aguardada pela população",  observa o prefeito.

O projeto de reforma e adequação do terminal hidroviário de Cachoeira do Arari tem o prazo de 12 meses para ser concluído.

Reformas - Em julho deste ano, durante as ações do Governo Por Todo o Pará, no Marajó, Governo do Estado, CPH e prefeituras municipais assinaram as ordens de serviço para elaboração de projetos de reforma e adequação de 10 terminais hidroviários: Cachoeira do Arari, Santa Cruz do Arari, Chaves, Melgaço, Anajás,  Bagre, Afuá, Soure, Breves e Portel.


O investimento, no valor de R$ 738.615,05, beneficiará os terminais de Breves, Santa Cruz do Arari, Melgaço e Soure. Enquanto que o valor de R$ 482 mil será  destinado aos municípios de Afuá, Anajás, Bagre, Cachoeira do Arari, Chaves e Portel. As prefeituras de Breves, Melgaço e Santa Cruz do Arari já entregaram à CPH os conceitos básicos dos seus projetos.

Vale lembrar que os terminais de Muaná e Ponta de Pedras estão em processo de revisão de projetos. Já o de Curralinho, a obra está em andamento, enquanto que  os terminais de Gurupá e São Sebastião da Boa Vista já foram reformados. O terminal de Salvaterra tem a concessão da empresa Henvil para operar.

Veja as Matérias em Vídeos: Canal Portal Marajó Noticias

Postar um comentário

0 Comentários