Multinacional chinesa pretende industrializa placas e baterias solar no marajó

Multinacional chinesa pretende industrializa placas e baterias solar no marajó

Os representantes da empresa chinesa Sinosolar estiveram em Breves para uma reunião com o prefeito Toninho Barbosa.
 A empresa é a terceira maior produtora de placas e baterias para produção de energia solar na China, até o momento os produtos são importados para o Brasil, a intenção da multinacional é fazer a produção industrial dentro do país, para atender o mercado nacional. O município escolhido foi Breves, pois está com proposta de implantação do polo industrial em andamento.

Um outro fator foi a localização estratégica de Breves no centro do marajó. Nessa região tem mais de 118 mil famílias sem acesso à energia de qualidade, possibilitando um grande mercado para essa multinacional que irá oferecer equipamentos para energia solar a baixo custo.


Os investimentos da empresa nos próximos 3 anos em Breves podem ultrapassar a casa dos 15 milhões de reais, sem contar os empregos diretos que empresa irá gerar dentro do município.

A empresa

A SinoSolar foi criada em janeiro de 2006 e está localizada no Parque Industrial de Binhang, na cidade de Okhuan, que pertence ao Top 100 da província de Zhejiang.

Com a política da empresa de "A boa qualidade vem em primeiro lugar", a SinoSolar recebeu a qualidade ISO e a certificação ambiental. Ela já tem várias certificações internacionais, como Brasil (INMETRO), Austrália (CEC) e Reino Unido (MCS). Faz 12 anos que a SinoSolar é entregue em países europeus como Espanha, Alemanha, Suíça e Bélgica ou em mercados sofisticados, como Japão, Coréia e Austrália.

Além de uma garantia de 25 anos, a Sinosola oferece seguros da maior companhia de seguros da Ásia - People's Property Insurance Company (PICC).



Veja as Matérias em Vídeos: Canal Portal Marajó Noticias

Postar um comentário

0 Comentários