Confusão em Portel, família acusa a direção da unidade de saúde pela morte de dois bebês gêmeos

Confusão em Portel, família acusa a direção da unidade de saúde pela morte de dois bebês gêmeos


Um vídeo, que circulou nas redes sociais durante este domingo (5), mostra uma confusão no Hospital Municipal de Portel, na Ilha do Marajó. Uma família acusa a direção da unidade de saúde pela morte de dois bebês gêmeos. Os familiares alegam que o atendimento do local é precário.

Érica da Cruz Corrêa, mãe das crianças, é moradora da comunidade ribeirinha Rio Caju, que fica às margens do rio Pacajá, a uma distância de três horas de barco da cidade de Portel. De acordo com a família de Érica, algumas consultas do pré-natal foram feitas em Portel. Porém, quando ela sentiu as dores do parto, estava na comunidade ribeirinha. As crianças nasceram no último sábado (4), mas uma delas necessitava ficar em uma incubadora, porém não há esse equipamento no hospital. 
A primeira criança morreu no mesmo dia em que nasceu e a outra gêmea morreu na manhã deste domingo (5). O enterro ocorreu durante a tarde.
De acordo com uma testemunha, a família está muito abalada com a morte dos bebês e pelo atendimento precário que tiveram no hospital. Ainda segundo a testemunha, a unidade não deu satisfação nem para a mãe e nem para a família dos bebês.
Também houve confusão por falta de médico no hospital. Muitos pacientes reclamaram que o profissional chegou tarde e demorou a atender os pacientes que esperavam no local. Através das redes sociais, a população de Portel se queixa de falta de médico e medicamentos na unidade, além do atendimento inadequado e da estrutura do hospital.
Veja o vídeo:

Veja Matérias em Vídeos: Canal Portal Marajó Noticias

Envie informações, denúncias, vídeos e imagens para o Whatsapp do Portal 091992485291: Clique Aqui

Postar um comentário

0 Comentários